Pai que matou filha de 7 meses em Sapezal, é condenado a 18 anos de prisão

Júri ocorreu nesta terça-feira (26)

O julgamento de Diego Morais Justino, que matou a própria filha de 7 meses em 2019, ocorreu nesta terça-feira (26), em Sapezal. O rapaz foi condenado a mais de 18 anos de prisão.

 

Continua depois da publicidade

padilha

 

O jovem que na época tinha 23 anos, passou o final de semana com a filha de apenas 7 meses por não aceitar o término do relacionamento com a mãe da menina.

Diego usou uma chave de fenda para tirar a vida da filha e posteriormente tentou se matar com um golpe de faca, ele foi socorrido e encaminhado para uma Unidade Hospitalar e sobreviveu.

A mãe da criança, usou as redes sociais após o julgamento para desabafar sobre a morte da filha. “Julgamento foi feito, 18 anos de prisão para aquele psicopata” Afirmou.

A mulher ainda falou sobre a tristeza de ter que ver as cenas do crime novamente. “Que merda ter que ver aquelas cenas fortes, relembrar de tudo. Só Deus que cuidou e me deu forças na hora, porque não é fácil para ninguém muito choro de raiva.” Escreveu a mãe.

O julgamento ocorreu durante todo o dia, testemunhas foram ouvidas e posteriormente o júri optou em condenar Diego a mais de 18 anos de prisão.

Fonte: Sapezal Online

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *